Be water. My Friend!

A relação que o homem tem com a água tem vindo a modificar-se ao longo dos últimos séculos. Em tempos remotos, homenagens, rituais, oferendas e todo o tipo de celebrações eram prestadas à água. Divindades da água fazem parte da mitologia e da cultura popular. Este conhecimento e essa consciência associada têm vindo a perder-se, como diz Theodor Schwenk “os seres vivos perderam gradualmente o conhecimento e a experiência da natureza espiritual da água, até que finalmente chegam a tratá-la apenas com uma substância e um meio de transmissão de energia”.
Numa Conferência que se intitula a ela mesma “… a principal iniciativa do sector da água em Portugal volta a reunir todos os agentes do mercado”, há 2 ou 3 coisas (entre outras) que me saltam à vista:
– Não haver nenhum item ou tema directamente relacionado com a poluição da água e os problemas que dai advém e já começamos a sentir;
– Mercado da água – sempre me fez muita confusão a “posse” de um elemento natural como um produto;
– Desafios e oportunidades para o mercado da água – levou-me até as lutas em tempos longínquos pela posse dos cursos das águas nos campos – a guerra pela água (que quando a mim, já começou) vai ser mesmo real.

A humanidade perdeu o contacto espiritual com o arquétipo da água e, num futuro muito próximo, arrisca-se a perder o elemento fisico que a água é, até mesmo a da torneia! – E claro está, preparem-se para pagar caro este Ouro Azul.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s