Faz hoje 9 anos que “deu à luz” o personagem Agua e o projecto O homem que queria ser água. Foi num fim de tarde frio de Dezembro de 2011, no espaço Agora da Biblioteca da FCT, Campus da Caparica. Um texto que foi escrito durante esse ano, onde vagamente se começava a falar nas alterações climáticas no nosso quotidiano. Apesar de alguns cientistas, as terem relatado em finais do século XIX – não nos podemos esquecer que elas também são parte da “evolução” natural do planeta e não apenas uma consequência do homem.

O personagem Agua diz no seu discurso:
“A água potável para consumo acabará em breve, o que é uma ameaça para o planeta e para a própria vida de todos nós. Não apenas pela ausência da própria água, mas porque não demorará muito para o mundo entrar em guerra por causa dela. As grandes potências mundiais e os seus exércitos precisam de água para crescer e aumentar o seu poder político e mundial. A água pode questionar os sistemas, as políticas e a sociedade em geral.”

E um exemplo disso, foi o passado dia 7 de Dezembro que, muito provavelmente, será recordado como um dos dias mais terríveis na história da Humanidade. 

Com certeza que será recordado quando se tentar explicar a causa de futuras guerras,  (atenção que desde tempo remotos, sempre houve guerras por causa da posse da água e de terrenos férteis nela…) migrações, crises humanitárias e sociais e, do aumento do abismo entre ricos e pobres.
Desde dia 7, que a água passou a ser um recurso cotado na bolsa de Wall Street. O que quer dizer, trocado por miúdos, que o preço da água para os consumidores, deixa de reflectir e taxar apenas, os custos de captação, tratamento, transporte e distribuição… e passa também a contar com os lucros das empresas que vêm beneficiando da privatização destes serviços – um dos grandes mercados em expansão nos últimos anos. A “água de todos” ficará cada vez mais dependente dos movimentos obscuros de grandes grupos de investimento. E por cá não será ou é, diferente…

A água, principalmente a que se encontra nos oceanos, é um grande regulador da temperatura do planeta Terra. Entre 2010 e 2019, fez mais calor do que nunca, conforme o relatório do estado do clima da Organização Meteorológica Mundial, passámos a década mais quente desde que existem dados (1850).
A subida da temperatura média da Terra na última década, teve graves consequências para o planeta:

– O nível do mar atingiu em outubro de 2019, o seu valor mais alto desde que começou a ser medido com precisão em 1993. Ao descongelamento do Ártico, devemos acrescentar o da Antártida, que acelerou a partir de 2016 e agravou-se em 2019.

– A temperatura oceânica bateu recordes entre 2016 e 2019. Este aquecimento elevou a acidificação dos mares em 26% em relação a 1750, contribuindo para a destruição dos ecossistemas marinhos.

– Intensificaram a nível global as secas, as inundações e outras catástrofes climáticas, que originaram milhares de mortes e sete milhões de deslocamentos internos em áreas como África, Ásia e no Caribe.

– Em 2019, foram registradas ondas de calor inéditas em boa parte do mundo.

A temperatura do planeta em 2019 esteve ao redor de 1,1 ºC acima dos níveis pré-industriais. Os cientistas estimam que quando a temperatura global, aumentar 1,7°C, a escassez de água poderá afectar entre 2,4 a 3,1 mil milhões de pessoas e dentro de 4 anos, cerca de dois terços do mundo poderá sofrer quebras no abastecimento de água. Já pensou que poderá ser uma delas?

Voltando a este dia e ao projecto… recordo e acentuo, o convite para o visionamento de o O homem que queria ser água | Vídeo Teatro – não é teatro, não é só uma animação, não é um filme… é um vídeo. Podem ver no quentinho da vossa casa, com os vossos filhos e família. No final podem ainda, testar o vosso conhecimento sobre este elemento vital, num quiz didáctico.


Um projecto artístico, baseado em investigação cientifica, em que criei um personagem que através do seu sonho e do seu mundo, pretende alertar, esclarecer e consciencializar as pessoas para o bem impar que é a água, a sua importância no planeta e na nossa vida.
… e durante estes 9 anos de projecto, o sonho do personagem, sempre foi e é – ainda – o meu propósito também.


Boas festas!

http://www.homemagua.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s