Há semanas em que viajamos pela amizade… em que percebemos que também somos feitos por uma massa que se chama fraternidade ou algo parecido… Percebemos o quanto o tempo nos mostra como são as texturas do amor que temos pelos nossos amigos.

Creio que a amizade ao longo do tempo, faz-nos perceber melhor, quer o passado, quer o futuro. Aquelas coisas que nunca percebemos, algumas até provavelmente já tínhamos esquecido, quando de conversas no presente sobre passados com os amigos, fazem-nos luz de muitas outras coisas, ajudam-nos a perceber melhor quem somos e quem são os nossos outros, bem como o porque fazem parte de nós.

O conversar entre amigos tem um efeito terapêutico a vários níveis. Por um lado, o acto de falar, de falarmos das nossas coisas, já por si tem um efeito catártico… Depois ainda nos ouvimos a nós próprios a falar de coisas que apenas reverberam no silêncio do nosso cérebro… depois ainda têm o melhor de tudo, que é o que os amigos interpretam do que lhes dissemos…

Sempre disse que sou muito afortunado com as amizades que tenho… ufff!…
E por vezes… como se de uma qualquer primavera se tratasse, sou relembrado por isso mesmo…

… acabamos por ser sempre bocados dos outros, acabamos sempre por ter texturas dentro de nós que são dos nossos amigos.

e acho que já escrevi tempo atrás, algo muito parecido…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s