Paisagem de lua cheia ou um pedido concedido…

No Alentejo sente-se mais a densidade das energias… o calor dilata os poros e as trocas energéticas com o entorno são maiores… e há momentos que ficam encrostados na alma ou noutra textura parecida…

Quando se apanha banhos de lua cheia, daquelas que resplandecem e encandeiam com o seu reflexo na água…  sentimos a terra a subir pelos nossos pés, enquanto pela cabeça desce a energia das estrelas… no calor do toque somos um e tornamo-nos um com tudo… o som das cigarras e dos peixes que saltam na água, enchem o cenário por completo e roçam na pele como se fossem as palavras que não se dizem pelo toque… basta apenas a respiração e os cheiros

As horas dilatam-se como os corpos… no camuflado da noite, o tronco de uma árvore é o prolongamento dos braços de nós mesmos… se as orbitas das energias que libertamos fossem visíveis no ar, uma esfera colorida de sentir abençoava-nos no seu interior… com uma luz tão brilhante que faria inveja a qualquer pirilampo e atrairia de longe os lobisomens…

De facto, existem momentos em que a céu é cá em baixo na terra…

One response to “

  1. Senti por breves instantes essa energia, através das tuas palavras. Como somos fracos às vezes, ao esquecer a beleza da terra que pisamos.
    *****

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s