…as ondas são como cavaleiro, guerreiros, que vem com força e frémito para a batalha…quando rebentam, cavalgando uns nos outros até chegarem à areia…onde pensam que morrem e desaparecem.

Mas as ondas são como uma prisão, e, quando esses guerreiros, cavaleiros pensam que não tem forças para mais…são puxados e arrastados para trás…novamente para se prepararem para a batalha…e lá vão eles para em seguida voltarem

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s